Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Secretaria de Igualdade, Cidadania, Direitos Humanos e Assistência Social
Início do conteúdo

Nova direção técnica planeja ações de 2023

Analista pedagoga Miriam Wornikow assume direção técnica no ano em que a FADERS completará cinco décadas

Publicação:

#PraTodosVerem Sete mulheres estão sentadas ao redor de uma mesa retangular com cantos arredondados, em que estão espalhados cadernos e folhas de papel. Ao fundo duas janelas ocupam horizontalmente todo o espaço da parede. À da esquerda com as persianas recolhidas, a da direita com as persianas fechadas.
Mandato da nova direção técnica se estende até 2026

A nova diretoria técnica da FADERS Acessibilidade e Inclusão se reuniu pela primeira vez nesta semana. Sob a liderança da nova diretora técnica, Miriam Wornicow, o grupo que assume a função até 2026 está elaborando o planejamento das ações do ano.

De acordo com a nova diretora, o trabalho vai ter como diretriz a frase “potencializando cada um (a) fortaleceremos o coletivo”. “Nosso objetivo é a articulação de políticas públicas e assim o faremos. Nossos servidores e servidoras tem a missão de oportunizar as pessoas com deficiência e as pessoas com altas habilidades o exercício pleno de sua cidadania, da sua dignidade humana e participação social. Para isso articularemos parcerias com órgãos públicos, iniciativa privada e entidades representativas das diversas áreas da diversidade humana”, afirmou.

Miriam Wornikow ainda destaca que 2023 será especial para a FADERS, já que a Fundação completará cinco décadas. “Neste ano de 2023, nossa Fundação completa 50 anos de um trabalho de efetividade social, necessário e de muita importância na sociedade do Rio Grande do Sul. O nosso projeto técnico pretende se desenvolver de forma plenamente conjugada aos interesses dos cidadãos e cidadãs, realizando um trabalho de excelência e garantindo a transversalização das políticas públicas. Através do diálogo fortaleceremos ações, estratégias e atividades de empoderamento do nosso público alvo”, acrescentou.

FADERS